quarta-feira, 13 de maio de 2009

Em Destaque: Ralf Gunter Rotstein

Ralf Gunter Rotstein, o Poeta da Chuva, nasceu na cidade do Rio de Janeiro – RJ e mora em Curitiba–PR desde pequeno. Também desde cedo teve interesse crescente pela poesia e passou logo a exercitá-la. Publicou seu primeiro livro, Um Dia de Chuva, em 2008, pelo Instituto Memória. Seu segundo livro, Sonhos Pluviais será publicado em 2009 pelo Projeto Cultural Abrali. Em 2008 tornou-se membro do Centro de Letras do Paraná e associado da Academia Paranaense de Poesia e freqüenta as reuniões de ambos, sendo também membro do Projeto Cultural Abrali.

Poesias:

Século XXI

Tantas correntes! Tantos desvarios!
Tão poucas consciências descontentes
E, em tão imensa multidão, as gentes
Riem de dias cada vez mais frios!

Riem felizes, tiritando os dentes,
Riem felizes, não ouvindo os chios
Que aguardam essas águas concorrentes
Que passam por lugares tão sombrios!

E todos, deslizando, vão em paz,
Cada vez com mais frio e cada vez,
Para aquecer-se, se abraçando mais.

Vão todos: e se sai alguém da terna
Turba, dando braçadas para trás,
Levam-no, sorridentes, pela perna.

Sinfonia

Em meio à tempestade, o som de algum trovão
Meus ouvidos alcança e, como a voz de um santo,
O corpo me arrepia e me inunda de encanto
E sublime prazer o pasmo coração.

Faz crescer minha mágoa e, enquanto as gotas vão
Por meus poros entrando, encontra em mim um canto
Que jamais recebeu e nem sonhou ter tanto
Sincero acolhimento ou tal consolação.

A chuva, ao meu redor, é intensa sinfonia
E vejo que não mais do que um novo instrumento
Ao vir-me abençoar ela de mim queria.

Tristezas que somar às que já tenho invento.
Já não sou nada mais: sou nota e melodia;
Sou os santos trovões e os sussurros do vento.

2 comentários:

Rafael Walter disse...

Parabéns Ralf, sua poesia é de conteúdo e forte, marcada pelo seu imenso amor a chuva, consequentemente, encharcada de sentimentos.

Minhas sinceras saudações
de seu amigo de poesia

Rafael walter

Rosangela disse...

O semestre que estivemos juntos na Universidade, já foi suficiente para que nós conhecêssemos o "poeta" maravilhoso que vc é!

Parabéns, criou belos poemas co seus lindos pensamentos!

Sua ex colega de classe e agora admiradora: Rosangela.