quarta-feira, 10 de março de 2010

1ª Bienal do Livro do Paraná.

Ontem 10/03 aconteceu, no Estação Convention Center, o coquetel de lançamento da 1ª Bienal do Livro do Paraná.

Bienal do Livro do Paraná acontece em Curitiba em outubro de 2010. Evento segue os moldes consagrados da Bienal do Livro do Rio de Janeiro: uma grande festa da Cultura, Literatura e Educação.

De 1º a 10 de outubro de 2010, Curitiba será a capital da literatura. A cidade vai receber a Bienal do Livro do Paraná, no Estação Embratel Convention Center. A Bienal será uma realização da Fagga Eventos, em conjunto com o Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL) e a Câmara Brasileira do Livro (CBL). O objetivo do evento é incentivar o hábito da leitura e democratizar o acesso aos livros e a literatura, fortalecendo a Educação e a Cultura no país. A Bienal do Livro do Paraná seguirá o modelo já consagrado da Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro, que em 2009 chega à sua 14ª edição, e das Bienais do Livro de Minas Gerais e da Bahia, sendo muito diferente do evento literário recentemente realizado em Curitiba.
Uma grande festa do livro. Assim será a Bienal do Livro do Paraná. Uma vasta programação cultural, direcionada para todos os públicos – de todas as idades – irá proporcionar o encontro dos leitores com seus autores, incluindo palestras, debates, sessões de autógrafos e visitação escolar. A expectativa é receber, durante os 10 dias de evento, público de aproximadamente 200 mil pessoas – sendo 40 mil alunos de escolas da rede pública e privada. O evento ocupará dois auditórios do Estação Embratel, um total de 246 metros quadrados de área. São esperados 60 expositores na edição de 2010. Uma das grandes atrações da Bienal será o Café Literário, palco de encontros informais e descontraídos entre autores e público. A programação diversificada possibilita que sejam apresentados temas como humor, processo criativo e preferências literárias, entre outros.
Com foco no público infanto-juvenil, a Bienal vai oferecer uma série de atividades especiais que irão estimular o prazer pela leitura. Uma área será transformada no Circo das Letras, com direito a picadeiro e luzes coloridas, onde serão realizadas oficinas de leitura e apresentação de contadores de histórias.
O evento contará com uma diversificada programação cultural, incluindo a atração Café Literário, que vai reunir autores e público em um bate-papo e debates sobre diferentes temas. A bienal acontecerá no Estação Embratel Convention Center. A curadoria do evento está nas mãos do jornalista Rogério Pereira, fundador do jornal literário Rascunho. A promoção é da Fagga Eventos, também responsável pela tradicional Bienal do Livro do Rio de Janeiro. A edição paranaense recebe o apoio do Sindicato Nacional dos Editores de Livros e da Fundação Cultural de Curitiba.
Segundo Andréia Raspold, vice-presidente da Fagga Eventos, a Bienal do Livro Paraná já era um sonho antigo da empresa e que agora poderá ser concretizado. “O nosso foco é trabalhar o autor e o livro. A ideia é fazer um evento atrativo, que chame as pessoas e que elas se divirtam. Não queremos somente o público leitor, mas também formar leitor”, comenta.

A programação também tem foco no público entre 7 a 13 anos por causa deste objetivo. Haverá atividades infantis e também o Arena Jovem, um espaço voltado para a interação dos jovens com autores e personalidades. A atração Circo das Letras vai despertar o prazer pela leitura de uma forma lúdica. A Bienal do Livro Paraná ainda possui o projeto Visitação Escolar, para a participação de alunos do Ensino Fundamental das escolas municipais, estaduais e particulares da cidade. Especificamente para os estudantes da rede pública, o valor do ingresso será trocado por um voucher. Este poderá ser utilizado na compra de um livro nos estandes das editoras presentes. Para participar da iniciativa, as escolas devem enviar projetos pedagógicos, como a criação de um Clube do Livro na sala de aula. Uma maneira de formar isto é a aquisição de um livro diferente por cada estudante. Os professores terão acesso livre à bienal.
Serão 10 dias de evento, com expectativa de reunir 200 mil visitantes durante toda a bienal. A programação final, com as atrações especificadas, deve ser divulgado um mês antes da realização da Bienal do Livro Paraná. A Fagga Eventos também é responsável pelas bienais do livro de Minas Gerais e Bahia, além da do Rio de Janeiro, promovida há mais de duas décadas.
O diretor de marketing da Fundação Cultural de Curitiba, Eduardo Pimentel Slaviero, afirma que a Bienal do Livro Paraná vai resultar em benefícios para a cidade. De acordo com ele, toda ação que incrementa as áreas literária e cultural da cidade vai contar com o apoio da Prefeitura de Curitiba, por meio da fundação. “Este é um evento muito importante para a cidade porque coloca Curitiba em evidência no cenário nacional. Esperamos que a bienal tenha sequência aqui em Curitiba, como acontece com a Bienal do Rio”, revela. A Fundação Cultural de Curitiba tem intensificado ações na área da literatura, com programas de incentivo à leitura e produção literária, mediante oficinas, cursos e palestras.

Serviço - Bienal do Livro do Paraná
Data: 01 a 10 de outubro de 2010
Local: Estação Embratel Convention Center – Avenida Sete de Setembro 2.775 - Curitiba
Realização: Fagga Eventos, Sindicato Nacional dos Editores de Livros – SNEL, Câmara Brasileira do Livro – CBL. Mais informações: www.bienaldoparana.com.br

Foto: Eduardo Pimentel Slaviero (à esquerda) fala dos benefícios da Bienal para a cidade durante o lançamento, ontem, em Curitiba.
Fontes: ClickFoz, Paraná On Line e Bienal do Livro do Paraná

Um comentário:

josé arildo disse...

Na internete
não importa
se é José ou Bete
simultaneidades é a porta.

Na comunicação da poesia
trovas, versos e haicai
é tudo em nosso dia dia
e é assim mãe ou pai.

Um forte abraço.